Apenas uma sacola de lixo

terça-feira, 11 de janeiro de 2011


A pequena sacola de lixo que Richard Strauss levanta em su mão como se fosse a taça de um torneio esportivo, contém alguns brinquedos quebrados, lâminas de barbear, canetas e negativos fotográficos. E para os Strauss é mesmo uma grande vitória, pois isso é tudo o que eles produziram de lixo em todo o ano 2010. Pode crer?  É quase inacreditável, mas pode sim. 

Cómo conseguiram? O casal británico Richard e Rachelle Strauss e a filha Verona, de 9 anos, reciclam praticamente tudo, plantam grande parte da própria comida e transformam restos de alimento em adubo. Além disso, eles compram produtos diretamente de produtores locais para evitar embalagens em excesso e quando vão ao açougue, por exemplo, eles levam os próprios recipientes.

Em 2009, eles conseguiram reduzir sua produção de lixo para apenas uma lata. Em 2010, os Strauss, que vivem em Longhope, no condado de Gloucestershire, na Inglaterra, decidiram aumentar o desafio e não produzir lixo nenhum. "Estamos muito felizes com o resultado. Nós sabíamos que produção 'zero' de lixo seria impossível, mas se você não colocar as metas lá no alto, nunca vai saber o que pode alcançar", disse Rachelle Strauss. E não foi zero, mas quase zero.


No início era o plástico
A ideia de reduzir drasticamente a produção de lixo da família foi da Rachelle, em 2008. Mas quando ela falou com o marido sobre sua proposta, percebeu que ele não estava interessado. "Richard só resolveu encampar a ideia depois de ler uma série de artigos sobre os danos causados à vida marinha pela contaminação por plástico. Ele ficou muito impressionado", disse Rachelle à BBC Brasil.

Os Strauss começaram o desafio reduzindo o uso de plástico. Depois, passaram a reciclar e reaproveitar cada vez mais, além de usar baterias recarregáveis e painéis solares para gerar energia.

"Para quem quer reduzir a produção de lixo, minha primeira dica seria pensar no que você está comprando e escolher produtos com menos embalagem e com invólucros que sejam recicláveis. Em segundo lugar, é importante evitar o desperdício de alimento. Aqui na Grã-Bretanha, um terço da comida que compramos acaba no lixo. Em terceiro lugar, tente reciclar o máximo que puder', aconselha Rachelle.

A reconfortante iniciativa dos Strauss tem ligação direta com os principais conceitos da permacultura, que visa uma sociedade auto-sustentável. E é também um exemplo claro, sem delongas, de como cada um de nós pode fazer acontecer essa sustentabilidade, praticando em casa a mudança que desejamos ver no mundo. O esforço individual sempre parece insignificante, mas se tudo mundo em casa passa a imitar os Strauss a vida pode ter uma bela reviravolta. 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Você que achou desse post? Deixe abaixo seu COMENTÁRIO. Sua palavra, sua experiencia, suas dicas podem ser importantes para outros leitores do blog................   


MAIS INFORMAÇÃO

         

0 COMENTÁRIOS :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...