Rio de Janeiro, trânsito maravilhoso

segunda-feira, 27 de abril de 2015


Rio de Janeiro, campeã de engarrafamento
Rio, metade do século 20. Faz mais de 50 anos... de descaso.
Os brasileiros passaram a engrossar uma triste estadística. Estão entre os cidadãos que mais sofrem com o trânsito no mundo inteiro. Um levantamento da empresa TomTom indicou que o Rio de Janeiro, conhecida pelo sedutor apelativo de cidade maravilhosa, é a terceira urbe com maior problema de congestionamento do planeta. A lista das dez primeiras ainda conta com Salvador, na quinta posição, e Recife no sexto lugar.

A liderança é de Istambul (Turquia), seguida pela Cidade do México. O ranking de 200 cidades pelo mundo é produzido pela empresa holandesa TomTom, fabricante de sistemas de navegação para automóveis, motocicletas, PDA's y telefones móveis.

Rio de Janeiro, campeã de engarrafamento
Rio 2015. Imagina Rio 2016, engarrafamentos olímpicos...
Pesquisa feita pela Fundação Dom Cabral indica que, por causa do trânsito, um carioca perde hoje 2 horas e 40 minutos por dia atrapalhado nas congestionadas ruas da cidade, apenas indo ao trabalho e retornando em um trajeto médio. Isso é equivalente a perder mais de 27 dias de vida. 

Nos últimos 10 anos o tempo perdido no trânsito da caótica Rio de Janeiro triplicou por causa  do excesso de carros, vias ultrapassadas, falta de novas estradas e, sobretudo uma ausência quase total de gestão pública planificada e eficiente. Quem trafega pelas ruas do Rio tem a sensação de que o trânsito vive constantemente com o sinal fechado. A qualquer hora do dia, é um passo de procissão para se deslocar de casa para o trabalho e vice-versa. Para avançar 10 km nas principais vias de acesso ao centro da cidade, gasta-se em média uma hora e meia.

Claro, Rio não está sozinha nesse via-crúcis. Brasil já conta com mais de 50 cidades com problemas similares. Em São Paulo -a recordista de congestionamentos com marcas de mais de 300 km- , o paulistano perde 3,5 horas diárias, equivalente a uns 44 dias por ano, enquanto Recife detém a pole position no quesito de lentidão diária no rush noturno.

Recife, tá difícil voltar pra casa...
Oi amor, já estou perto de casa, viu?... Recife 2015.

O câncer
"O nome do câncer que corrói o espaço urbano no Brasil é indústria automotiva, que seca as artérias de trilhos, que pede corredores asfálticos cada vez maiores, em detrimento do espaço urbano arborizado, que aborta as ciclovias, que encerra o homem em prisão domiciliar por mais tempo a cada dia que passa em sua "casa que anda", que faz pouco caso da solidariedade no transporte e instiga o egoismo para vender mais. Esse câncer traz barulho e poluição. Ele dita a estrutura social pelo modelo dos carros que você compra. Utilitários de luxo, importados, maiores, ameaçadores, podem tudo. Blindados então...

 ...Defender os empregos que esta indústria cria é como defender o câncer para não desempregar os médicos. Porque não apenas imitamos quem já viveu todos estes problemas e desaceleramos a ditadura do automotor? Muito há de se fazer e tem que ser logo. Antes que se fechem esses canais de comunicação que incomodam a muitos. Se eu estou podendo passar meu ponto de vista, o que impede você que nos lê de fazê-lo e assim mostrar sua opinião? Começa aqui essa reviravolta"... asertivo comentário de Newman Homrichno blog Confraria Malunga.q
__________________________________________________________________________________
Que achou você desse post? Clique abaixo, no link COMENTÁRIOS e deixe sua palavra...

|| MAIS INFORMAÇÃO

0 COMENTÁRIOS :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...